O QUE FAZEMOS
C&M Projetos e Engenharias é um departamento da empresa COSTA & MESQUITA, LDA., dedicado a prestação de serviços no âmbito da consultoria e execução de projetos de arquitetura e engenharias, nomeadamente: licenciamentos, estudos de viabilidade, remodelações de interiores, reabilitação de edifícios, acompanhamento e fiscalização de obras, coordenação de segurança, tanto param a construção de obras novas, como para obras de reabilitação e ampliação.     

Neste departamento acompanhamos todas as fases de estudo prévio; projetos, licenciamentos, projeto de execução e acompanhamento e fiscalização da obra.     

Na nossa equipa de trabalho é composta por Arquiteto e Engenheiros com experiência comprovada no mercado, que numa estreita colaboração otimizam e desenvolvem o projeto final.
Faq's

TODAS AS OBRAS PRECISAM DE LICENÇA CAMARÁRIA?

Não. As obras "de escassa relevância urbanística" e de conservação e alteração nas casas desde que não alterem a estrutura do edifício, das cérceas e das fachadas, estão dispensadas de licença camarária.
            No entanto, algumas obras apesar de não terem a necessidade de um licenciamento, ficam sujeitas a comunicação prévia, nomeadamente as obras de reconstrução com preservação das fachadas, as obras de urbanização e os trabalhos de remodelação de terrenos em área abrangidas por operações de loteamento, as obras de construção, de alteração ou de ampliação em área abrangida por operação de loteamento ou plano de pormenor que contenha os elementos referidos nas alíneas c), d) e f) do n.º 1 do artigo 91.º do Decreto-Lei n.º 380/99, de 22 de Setembro, as obras de construção, de alteração ou de ampliação em zona urbana consolidada que respeitem os planos municipais e das quais não resulte edificação com cércea superior à altura mais frequente das fachadas da frente edificada do lado do arruamento onde se integra a nova edificação, no troço de rua compreendido entre as duas transversais mais próximas, para um e para outro lado, a edificação de piscinas associadas a edificação principal, as alterações à utilização dos edifícios, bem como o arrendamento para fins não habitacionais de prédios ou fracções não licenciados, nos termos do n.º 4 do artigo 5.º do Decreto-Lei n.º 160/2006, de 8 de Agosto; (consultar a Lei n.º 60/2007 de 04 de Setembro que procede à sexta alteração ao Decreto-Lei n.º 555/99, de 16 de Dezembro, que estabelece o regime jurídico da urbanização e edificação).

O MEU CONDOMÍNIO PRETENDE FAZER OBRAS DE CONSERVAÇÃO, O QUE DEVO FAZER?

Muito embora a obras de conservação não careçam de licenciamento, salvo as situações previstas no regime jurídico da urbanização e edificação, é de todo aconselhável a elaboração de um estudo das obras de conservação necessárias no seu edifício, de modo a identificar quais as prioridades de atuação, quais os procedimentos construtivos mais adequados, estabelecer um mapa de trabalhos e assim garantir que os trabalhos a executar são os mais adequados, mas também, garantir que as empresas que concorrem a empreitada, irão concorrer todas com os mesmos critérios, permitindo assim ao condomínio uma análise correta das propostas que lhe são apresentadas.

TENHO UM TERRENO E QUERO CONSTRUIR. COMO POSSO SABER SE POSSO CONSTRUIR, O QUE POSSO CONSTRUIR E AS REGRAS PARA O FAZER?

A capacidade construtiva de um terreno depende da conjugação de vários fatores, de ordem técnica, que impossibilita uma resposta imediata.
Para saber sobre a viabilidade de construção de um terreno, é necessário conhecer o terreno onde se pretende construir e após a consulta do PDM, estamos em condições de apresentar as condicionantes a que o terreno está sujeito para a construção.
Portfólio

solicitar orçamento

Contacte-nos

962 868 789 . 917 383 319 . 253 527 150
Costa & Mesquita © Todos os direitos reservados
Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.